tey soares

Carta aberta à Igreja Universal do Reino de Deus

Caros responsáveis da Igreja Universal do Reino de Deus – Cabo Verde: Por esta via, e muito respeitosamente, venho endereçar-vos esta carta aberta, a qual espero que tenham em consideração e se dignem respondê-la. Sou apenas um cidadão deste país frágil em infraestruturas e pobre em recursos. A nossa maior riqueza, atrevo-me a afirmar, são os recursos humanos. São esses mesmos recursos humanos (pessoas de todas as ilhas), que tão bem souberam vos receber nestes largos anos em que espalham a vossa fé pelo arquipélago.

Esses milhares de pessoas, que durante décadas têm levado até aos vossos centros de culto quantias avultadíssimas, de forma sistemática em jeito de dízimo ou oferta espontânea, às quais o Governo de Cabo Verde nunca coletou nenhum imposto, precisam agora da vossa ajuda! A nossa população encontra-se sob ameaça eminente de um inimigo invisível. Um inimigo com o qual se pode lutar apenas usando a prevenção como arma. Como evidentemente já repararam, refiro-me ao novo Coronavírus! Uma das formas de luta contra o mesmo que se tem provado mais eficaz é o uso do álcool-gel. Este produto está a escassear em todo o nosso território, aliás, na maioria dos locais já se encontra esgotado!

Tendo em conta as características do nosso país, onde a maioria dos espaços públicos, escolas, mercados, super-mercados, lojas, barbearias, bancos, etc. não são providos de casas-de-banho com água e outras condições essenciais, que permitam à nossa população lavar as mãos constantemente, sempre que mudem de ambiente ou toquem em algo no espaço público que esteja susceptível de estar infetado. O álcool-gel afigura-se de longe a melhor opção e a mais prática, afim de não espalharmos o vírus no seio do nosso povo, com consequências nefastas.

Deste modo, e em meu nome, tendo em conta que não sou possuidor de nenhum cargo, peço encarecidamente que pensem com carinho o risco que a nossa população corre. Na qual estão incluídos todos os vossos fiéis seguidores que vos apoiam e suportam, tanto espiritualmente como financeiramente. Tal como sabem, o modo operandi dos vírus, a forma como as epidemias se propagam, não permite que protejam de forma eficaz os vossos fiéis, sem proteger o resto da população. Acredito que os vossos superiores valores cristãos, o elevado sentido de responsabilidade e de justiça, não vos permitirá voltar a cara aos vossos fiéis e a esta população sem que façam, energeticamente, algo! Sobretudo quando sabem e têm a plena consciência da quantidade de anos que esta população tem vos “financiado”, não obstante o seu grau de limitações financeiras.

Por isso apelo que em sentido inverso à rota onde normalmente vão os cheques, notas e moedas do nosso povo, venham frascos de álcool-gel em quantidade necessária, de forma a proteger TODA a nossa população. Da mesma forma que distribuem óleos e pomadas milagrosas nos vossos cultos, desta vez estariam a distribuir Álcool-Gel, sendo a única diferença para toda a população! A necessidade de abençoar os frascos de álcool gel ou não, fica ao vosso critério.

A logística necessária para a distribuição não seria um problema, tendo em conta que em todas as povoações destas ilhas existe um núcleo vosso, por mais pequena que seja! Sendo bem capaz que estejam mais bem representados que os nossos Correios, tanto a nível da distribuição, como da quantidade.

Permitam-me apenas a deselegância de vos aconselhar com o seguinte argumento, caso o vosso fundador e líder, Sua Excelência o Bispo Edir Macedo, não vos der o aval positivo para a liberação das verbas necessárias: Apontem-lhe a sua riqueza pessoal, que está avaliada em 1,1 bilhões de dólares, por números escreve-se 1.100.000.000 de dólares, e que cada dólar são mais ou menos 100 escudos. Por isso em escudos acrescentamos mais dois zeros ao número que faz com que a riqueza pessoal do Bispo Edir Macedo seja de: 110.000.000.000$00 de escudos Cabo Verdianos, ou seja por outras palavras 110 bilhões de escudos!

O salário mínimo em Cabo Verde é de 11 mil escudos, ou seja 11.000$00. Coloquem os números à sua frente um em cima do outro para que sintam a diferença:

110.000.000.000$00 (Bispo Edir Macedo)
11.000$00 (Salário mínimo)

Expliquem-lhe que entendemos que durante décadas todos os meses o dinheiro saia do número mais baixo para o mais alto (dízimo). Pois é assim que a vossa igreja funciona, apenas pedimos que durante esta crise, esta pandemia, no intuito de salvar o maior número de vidas Humanas, desta comunidade, deste país, ele aceite fazer o inverso. Não para comprar mansões, iates e aviões a jato… Apenas para comprar Álcool-Gel!!

Atenta e respeitosamente,

Alexandre Fonseca Soares

 15,853 total views,  12 views today

Partilhe esta Noticia!
Tags: No tags

29 Responses

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *